sábado, 21 de janeiro de 2012

Cego sim, surdo não!





Então chegaram a Jericó. Quando Jesus e seus discípulos, juntamente com uma grande multidão, estavam saindo da cidade, o filho de Timeu, Bartimeu, que era cego, estava sentado à beira do caminho pedindo esmolas.
Quando ouviu que era Jesus de Nazaré, começou a gritar: "Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! "
Muitos o repreendiam para que ficasse quieto, mas ele gritava ainda mais: "Filho de Davi, tem misericórdia de mim! "
Jesus parou e disse: "Chamem-no". E chamaram o cego: "Ânimo! Levante-se! Ele o está chamando".
Lançando sua capa para o lado, de um salto, pôs-se de pé e dirigiu-se a Jesus.
"O que você quer que eu lhe faça? ", perguntou-lhe Jesus. O cego respondeu: "Mestre, eu quero ver! "
"Vá", disse Jesus, "a sua fé o curou". Imediatamente ele recuperou a visão e seguia a Jesus pelo caminho.
Marcos 10:46-52 (NVI)


I - QUEM ERA BARTIMEU?


Literalmente, o texto diz que Bartimeu era cego e mendigo.


A cegueira física inutiliza o homem para muitas coisas e o limita das ações, paralisando muitos projetos.


“Mas, se o nosso evangelho ainda está encoberto, é para os que se perdem que está encoberto, nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.” II Coríntios 4:3,4
a) Assim como a cegueira física a cegueira espiritual, torna o doente desqualificado, dependente, humilhado em suas ações, e limitado para fazer o que a perfeita visão poderia lhe proporcionar.


b) O texto afirma que Bartimeu era mendigo. A cegueira produz empobrecimento, marginaliza, segrega e discrimina, pois muitos evitam a compainhas de alguém que não tem visão.


Há vários níveis de mendicância: Física; Emocional; Afetiva; Psicológica; Espiritual.


II - O DIA EM QUE BARTIMEU ENCONTROU-SE COM JESUS


‘ouviu barulho da multidão que seguia a Jesus’. Mc 10:47


a) Bartimeu era cego, mas não surdo!


Esse comportamento foi que lhe deu a salvação e a cura dele.
Há os conformados que se habituaram a vida sem visão, sem sonhos, com a miséria e pobreza, se acham bem, convivem com a desgraça e acham tudo normal. Não querem ver e ainda se orgulham disso.
Muitos até dizem acreditar em Jesus; mas ficam tardando a sua decisão para mais tarde, quando forem mais velhos.


b) Atitude de bartimeu quando “ouviu” o tropel da multidão?

1. Mostrou que estava vivo e atento e preparado para mudança, ele perguntou: ‘o que era aquilo? Porque a multidão? A quem estava seguindo? Aonde iriam? Ele sentia que àquela multidão tinha algo de diferente. ’


2. Era tudo que Bartimeu esperava; uma esperança brotou em sua vida; ele sentia que tinha chegado o dia de ser curado, de ser liberto de seu mal; a oportunidade era única e singela. Era a ultima vez que Jesus passava por Jericó, e seguia para Jerusalém onde seria morto.


“Hoje, se ouvires a voz do Senhor, não endureçais os vossos corações”. Hb 3:15


c) Desejou mudança: ‘PÔS-SE A GRITAR’ (clamar).


“Jesus Filho de Davi tem Misericórdia de Mim” Mc.10:47

III - QUATRO FATOS ESTÃO ENVOLVIDOS NESTA DECLARAÇÃO:


1) Ele acreditou que Jesus podia salvá-lo.
2) Ele desejou Ter um encontro com Jesus.
3) Ele se humilhou perante muitos para estar com Jesus.
4) Ele Reconheceu sua dependência completa de Jesus.


IV - OBSTÁCULOS ENCONTRADOS E SUPERADOS


“E os que iam na frente o repreendiam para que se calasse; ele, porém, cada vez gritava mais…” Mc.10:48


a) Qual a multidão que quer te impedir hoje, de chegar até Jesus? Multidão do orgulho, preconceito, medo, pecado, tradições religiosas, das falsas amizades?
BARTIMEU CADA VEZ GRITAVA MAIS: “Filho de Davi, tem misericórdia de mim!!!”


b) Jesus sempre ouve o clamor do aflito e necessitado, mandou chamar Bartimeu até ele. 
“Parou Jesus e disse: Chamai-o. Chamaram, então, o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, ele te chama.” Marcos 10:49


V - A RESPOSTA DE BARTIMEU AO APELO DE JESUS


“Lançando de si a capa, levantou-se de um salto e foi ter com Jesus. Perguntou-lhe Jesus: Que queres que eu te faça? Respondeu o cego: Mestre, que eu torne a ver.” Marcos 10:50,51


a) Lançou de si a capa:


As muitas capas nos impedem de chegar a Jesus: Incredulidade; pecado; religiosidade; falsa felicidade; vício; prostituição; preconceito; tradição, etc.


• Ao ser chamado Bartimeu lançou fora a sua capa e com ela as limitações da cegueira de que era portador. Com este gesto ele abriu mão de seu patrimônio, de sua identidade e de seu instrumento de sobrevivência.


• A capa representava mais do que isto, ela representava a miserável vida de mendicância, de limitações, de impossibilidades de ver as suas necessidades supridas e os seus sonhos realizados. Bartimeu naquele momento viu em Jesus a solução de todos os seus problemas.


b) Foi ter com Jesus: Faz-se necessário ir até Jesus; romper os obstáculos; recebê-lo como Salvador; ter sua vida transformada e ser escrito no Livro da Vida do Cordeiro.


c) Entregou sua vida a Jesus e passou a segui-lo sendo seu discípulo. 


“Então, Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E imediatamente tornou a ver e seguia a Jesus estrada fora.” Marcos 10:52


Conclusão: 


Muitos estão como Bartimeu, à beira do caminho, cegos, desamparados, marginalizados, segregados. Queridos, vençam hoje os vários obstáculos e cheguem até Jesus e recebam dEle a salvação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.