sexta-feira, 28 de outubro de 2011

A IGREJA DE CRISTO: UMA VOZ PROFÉTICA CONTRA A CORRUPÇÃO

“Eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; da minha boca ouvirás a palavra, e os avisarás da minha parte.’’ Ez 3.17


Por: Mauricio Price


O mundo está em plena decadência moral, e no Brasil não é diferente. Apesar de sermos conhecidos mundialmente como um país de maioria “cristã”, o Brasil tem sido palco ultimamente de grandes conquistas, mas também de intensas crises, principalmente na esfera moral tanto do seu povo, quanto na vida de seus líderes e governantes. Os desvios morais e éticos são cada vez mais freqüentes principalmente na vida daqueles que deveriam ser exemplo para o povo do nosso imenso e amado Brasil. Inserido nesse cenário, nós cidadãos, religiosos e não religiosos, estamos acompanhando um momento crítico em nosso país: a institucionalização da corrupção no Brasil. Diariamente, acompanhamos diversas notícias na mídia que evidenciam que essa “praga” tem contaminado todas as esferas do Poder Público. A população anda descrente. A impunidade tem desanimado os mais esperançosos por um Brasil de todos e para todos. Pergunto-lhe: qual será o futuro moral da nossa nação? Pense nisso.


O ex-reitor da Universidade de Brasília, Cristovam Buarque, nos lembra que o patrimônio maior de um povo é o seu capital moral. Ele afirma que: “Durante décadas, o Brasil concentrou seu projeto de desenvolvimento nos resultados que obteria de investimentos de capital econômico. Procurou financiamento externo, mobilizou capital estatal, investiu em indústrias, proibiu importações, montou uma sofisticada infra-estrutura econômica, mas o País continuou subdesenvolvido. O Brasil esqueceu que seu futuro depende também de capital moral. Foi o prêmio Nobel de economia ,Amartya Sem, quem chamou a atenção para a necessidade de capital moral na promoção da riqueza de um país. Segundo ele, a honestidade do povo, especialmente dos líderes políticos, empresariais e profissionais, a auto-estima elevada e a motivação coletiva para os projetos nacionais têm um papel tão importante quanto os investimentos diretamente financeiros. Em nossa estratégia de desenvolvimento, esquecemos o capital moral. A crise moral brasileira é tão grande, que ao despertarmos para a corrupção jogamos a culpa apenas nos outros, especialmente os políticos, como se não tivéssemos, cada um de nós, uma parte na degradação do capital moral de todo o País. Sem uma forte e decente infra-estrutura moral de nada adianta todo o esforço de fazer a democracia funcionar e a economia crescer.”


Uma pesquisa feita por um economista da Fundação Getúlio Vargas, Marcos Fernandes da Silva, reunindo dados de investigações da Controladoria Geral da União, da Polícia Federal e do Tribunal de Contas da União, revelou que pelo menos o valor equivalente à economia da Bolívia foi desviada dos cofres do governo federal em sete anos, de 2002 à 2008. Cerca de R$ 40 bilhões foram perdidos com a corrupção, sendo este valor subestimado pois não foi considerado os desvios em Estados e municípios, que possuem orçamentos próprios. São R$ 6 bilhões por ano que deixam de serem aplicados na provisão de serviços públicos essenciais como saúde, saneamento e educação. Com esse volume de recursos seria possível aumentar em 23% o número de famílias beneficiadas pelo Bolsa Família – hoje quase 13 milhões. Ou ainda reduzir à metade de casas sem saneamento – no total, cerca de 25 milhões de moradias. Creia, meu amigo(a), que a corrupção mata nesse país! Essa “praga” tem causado estragos inestimáveis em nossa população já tão sofrida. Pense nisso.


Estamos às vésperas de um colapso moral em nosso país e talvez de intensas e até violentas mobilizações sociais contra o Estado corrompido que assola o país, ou pelo menos parte dele. E não adianta só orar; é preciso agir. Precisamos enquanto Igreja de Cristo nessa nação exercer a autoridade que nos foi confiada pelo Senhor Jesus, sendo uma voz profética denunciando todo mau e todo tipo de pecado que afronta ao próprio Deus e ameaça à vida e à dignidade humana. É hora de toda a Igreja de Cristo orar, agir e reagir contra essa “praga” da corrupção que contamina o país, pois é “....a Igreja do Deus vivo, coluna e baluarte da verdade”(1Tm3.15) é uma voz profética contra toda manifestação do pecado, inclusive contra a corrupção e seus agentes malignos. Desperta Igreja! Reage Brasil! Pois, assim diz o Senhor:‘’ Sai dela, povo meu, para que não sejas participantes dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas, porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela.’’(Ap 18.4-5). Ele espera por você!
“Em Deus faremos proezas...”


Pr Mauricio Price é missionário e médico.


Leia Mais Genizah em: http://www.genizahvirtual.com

domingo, 2 de outubro de 2011

A Parábola do Semeador Lc. 8:5-15




Tema: Diferentes Tipos de Solos. 




Verdades espirituais encontradas no texto.


                                                O Semeador

O trabalho do semeador é colocar a semente no solo. Ficamos, então, a imaginar como seria um semeador. Seria um santo, um profeta, alguém especialmente escolhido? Não. Um semeador é alguém que arregaça as mangas, toma as sementes e sai para o plantio. Feita a sua parte, o semeador confia no solo fértil que favorecerá a germinação, a floração e a frutificação. Ele sabe que muitas sementes poderão se perder, mesmo assim ele semeia. "Eu plantei, Apolo regou; mas o crescimento veio de Deus. De modo que nem o que planta é alguma cousa, nem o que rega, mas Deus que dá o crescimento" (1 Coríntios 3:6-7).

                                              A Semente


A semente é a Palavra de Deus. Cada conversão é o resultado do assentamento do evangelho dentro de um coração puro. A palavra gera (Tg.1:18), salva (Tg.1:21), regenera (1 Pe.1:23), liberta (Jo. 8:32), produz fé (Rom.10:17), santifica (Jo.17:17) e nos atrai a Deus (Jo.6:44-45).


                                             Os Solos

Representam os corações. É perturbador notar que uma mesma semente foi plantada em cada tipo de solo, mas os resultados foram muito diferentes. A mesma palavra de Deus pode ser plantada em nossos dias; mas os resultados serão determinados pelo coração daquele que ouve.


I - VERDADES ESPIRITUAIS SÃO SEGREDOS CONFIADOS AOS CRENTES.


V.10 - E ele (Jesus) disse: A vós vos é dado conhecer os mistérios do reino de Deus, mas aos outros por parábolas, para que vendo, não vejam, e ouvindo, não entendam.
Amós 3:7 Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas.


II - A SEMENTE É A PALAVRA DE DEUS V.11


1 Pedro 1:23 Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre.


III – SEM A PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO NÃO HÁ SALVAÇÃO.
V.12 E os que estão junto do caminho, estes são os que ouvem; depois vem o diabo, e tira-lhes do coração a palavra, para que não se salvem, crendo;

Romanos 1:16 Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego.
Romanos 10:14 e como ouvirão, se não há quem pregue?
Romanos 10:17 De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.


IV – O EVANGELHO DE CRISTO NÃO PODE SER ALGO SUPERFICIAL.


V.13 E os que estão sobre pedra, estes são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria, mas, como não têm raiz, apenas crêem por algum tempo, e no tempo da tentação se desviam;


Ezequiel 47:5 e era um rio, que eu não podia atravessar, porque as águas eram profundas, águas que se deviam passar a nado, rio pelo qual não se podia passar.
João 4:23-24 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.


V- A ANSIEDADE DA VIDA REVELA A NOSSA ESTERILIDADE ESPIRITUAL.


V.14 E a que caiu entre espinhos, esses são os que ouviram e, indo por diante, são sufocados com os cuidados e riquezas e deleites da vida, e não dão fruto com perfeição (árvore que produz fruto com alguma deficiência ).
1 Pedro 5:6-9 Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.
Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo.

VI – É A PALAVRA DE DEUS EM NOSSOS CORAÇÕES QUE NOS DÁ ESPERANÇA.


V.15 E a que caiu em boa terra, esses são os que, ouvindo a palavra, a conservam num coração honesto e bom, e dão fruto com perseverança.
Igreja! O problema de nossa geração é que estão tirando a Palavra de Deus de nossas igrejas.


Se a bíblia só chegou até nossos dias. Não foi por um acidente ou mera coincidência. 
E sim, providência. 
Esta não contém a Palavra de Deus! Ele é a Palavra de Deus. 


Seu tema central é Jesus Cristo, Sua vida e obra mudaram não apenas o calendário do mundo, mas influenciaram toda a humanidade.


O nome de Jesus é poderoso, é majestoso, sublime e soberano.


Há mais de cinco séculos em primeiro lugar na lista dos livros mais impressos, traduzidos, vendidos, lidos e comentados do mundo; e desde então seu texto já foi impresso em mais de 300 idiomas.


A Bíblia Sagrada contém a mente de Deus, a condição do homem, o caminho da salvação, a condenação dos pecadores e a felicidade dos crentes.


As suas doutrinas são sagradas, os seus preceitos são justos, as suas histórias verdadeiras e as suas decisões imutáveis. Leia-a para ser sábio, creia nela para estar seguro e pratique-a para ser santo.


Ela contém luz para dirigí-lo, alimento para sustê-lo e consolo para animá-lo. É o mapa do viajante, o cajado do peregrino, a bússola do piloto, a espada do soldado, e o mapa do cristão. Por ela o paraíso é restaurado, os céus abertos e as portas do inferno descobertas.


Cristo é o seu grande tema. Ele ocupa o lugar central das Escrituras, isto além da sua manifestação como está registrada em todo o Novo Testamento.


Em Gn, Jesus é o DESCENDENTE DA MULHER.
Em Êx, é o CORDEIRO PASCAL.
Em Lv, é o SACRIFÍCIO EXPIATÓRIO.
Em Nm, é a ROCHA FERIDA.
Em Dt, é O PROFETA.
Em Josué, é O CAPITÃO DOS EXÉRCITOS DO SENHOR.
Em Jz, é O LIBERTADOR.
Em Rute, é O PARENTE DIVINO.
Em Reis e Crônicas, é O REI PROMETIDO.
Em Ester, é O ADVOGADO.
Em Jó, é O NOSSO REDENTOR.
Nos Salmos, é O NOSSO SOCORRO E ALEGRIA.
Nos Profetas, é O MESSIAS PROMETIDO.
Nos Evangelhos, é O SALVADOR DO MUNDO.
Nos Atos, é o CRISTO RESSURGIDO e TODO PODEROSO
Nas Epístolas, é A CABEÇA DA IGREJA.
No Apocalipse, é O ALFA E O ÔMEGA.


A conclusão desta parábola é deixada para cada um escrever. Que espécie de solo você é.