segunda-feira, 11 de abril de 2011

Não sendo Derrotado


Jz.13.24-25ª. Depois teve esta mulher um filho, a quem pôs o nome de Sansão; e o menino cresceu, e o SENHOR o abençoou. E o Espírito do SENHOR começou a incitá-lo (encorajar)

I – Um libertador cativo

Sansão não era previsível nem confiável, pois possuía ânimo dobre. Combatia as batalhas do Senhor durante o dia e transgredia seus mandamentos a noite.

Sansão foi chamado para libertar o povo, unir Israel. Mas, sempre agiu sozinho.
A vida incoerente de Sansão trouxe a vergonha sobre sua casa e ao nome do Senhor. (Ex. O crente)

a) Desprezo pela lei do Senhor
b) Brincava com o pecado (ping-pong)
Ter senso de humor é bem diferente de viver brincado com as coisas de Deus. (A unção de Sansão era um instrumento para lutar, não um brinquedo para se divertir).

II – Fuja da aparência do mal

Sansão era alguém dominado e guiado apenas pela aparência.

1 jo.2.15-17. Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele. Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo. O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

a) Cobiça dos olhos: tudo que nos atraí com maior força;
b) Cobiça da carne: tudo o que nos atraí de maneia geral; e,
c) Soberba da vida: É a deidade do homem; a autossuficiência. A soberba do “eu”.

Sansão foi SEDUZIDO, DOMINADO e TRAÍDO por sua esposa.

2ªPe.2.19b pois o homem é escravo daquilo que o domina. NVI

III – Um Escolhido por Deus

Num.6 O nazireado na vida de Sansão não era apenas um voto temporário. Mas, era para toda a vida. Sansão fora separado por Deus desde o ventre.

IV – Jesus, nosso libertador

É ASSUSTADOR COMO AS PESSOAS CONSEGUEM SE ACOMODAR DIANTE DA OPRESSÃO E DO SOFRIMENTO.

Jz.15.11 “não sabias que os filisteus dominam sobre nós”.

Quando Deus quer fazer algo extraordinário, Ele não envia um exército e sim um anjo. O anjo que prometeu o libertador de Israel chama-se “Maravilhoso”.

Jz.13.18 E o anjo do SENHOR lhe disse: Por que perguntas assim pelo meu nome, visto que é MARAVILHOSO?

Is.9.6 Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.

Deus sempre usou a figura do nascimento de um menino como libertador. Abraão, Moisés, Ana o bebê Samuel, e vindo a plenitude dos tempos Deus nos enviou Jesus.

a) Bebês são frágeis, mas Deus usa as coisas fracas para confundir as fortes.
b) Bebês precisam de tempo para crescer, mas Deus é paciente e nunca atrasa suas promessas.

O SEGREDO NA VIDA DE SANSÃO ERA A SUA SEPARAÇÃO DO PECADO. POR ISTO UMA PRESENÇA GLORIOSO DO ESPÍRITO SANTO SOBRE SUA VIDA.

V – Deus sempre executará seus planos

Você pode até estar distante de Deus, o que você não sabe que isso não o impede de concluir seus desígnios.

Jz.14.4 Mas seu pai e sua mãe não sabiam que isto vinha do SENHOR; pois buscava ocasião contra os filisteus; porquanto naquele tempo os filisteus dominavam sobre Israel.

VI - Não basta saber começar. É preciso saber terminar!

Considerando que o nome Sansão quer dizer “ensolarado”, é uma ironia esse juiz ter encontrado seu fim na escuridão.

a) Como pecador - Israel precisava de um Salvador
b) Como cativo - Israel precisava de um Libertador
c) Como peregrino - Israel precisava de um Condutor

O fim do homem é a oportunidade de Deus. Onde o homem termina, Deus começa, onde o homem para, Deus continua.

VII – Deus é um Deus de restauração.

Jz.16.22 E o cabelo da sua cabeça começou a crescer,

Jz.16.28-30
Então Sansão clamou ao SENHOR, e disse: Senhor DEUS, peço-te que te lembres de mim, e fortalece-me agora só esta vez, ó Deus, para que de uma vez me vingue dos filisteus, pelos meus dois olhos. Abraçou-se, pois, Sansão com as duas colunas do meio, em que se sustinha a casa, e arrimou-se sobre elas, com a sua mão direita numa, e com a sua esquerda na outra. E disse Sansão: Morra eu com os filisteus. E inclinou-se com força, e a casa caiu sobre os príncipes e sobre todo o povo que nela havia; e foram mais os mortos que matou na sua morte do que os que matara em sua vida.

CONCLUSÃO:

Heb.11.32-40 SANSÃO UM HERÓI NA SUA MORTE, SE PERPETUANDO NA GALERIA DA FÉ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.