domingo, 20 de fevereiro de 2011

O Evangelho Nosso de Cada Dia.






Me dá ojeriza esse evangelho estabelecido pelos barões da fé.



Confissão positiva, quebra de maldições, regressão espiritual... e blá blá blá.

Evangelho medíocre, que rouba o foco de Cristo e transforma o cristão num verdadeiro idólatra, um romeiro da fé.
Buscando pontos de contatos da fé, a saber: (sabonete, caneta, rosa ungida, sal grosso e etc).

Toda essa parafernália é idolatria. O Cristão anda por fé! Não por visão.
Uma fé estabelecida em objetos inanimados. Templos pagãos, onde crentes hedonistas buscam a tão sonhada realização pessoal. Pagando é claro o preço.
"Pele por pele! ", respondeu Satanás. "Um homem dará tudo o que tem por sua vida. NVI

Diante do exposto, e que se existem “campanhas”. Até cego vê! Campanha é uma arapuca dos barrões da fé para roubarem todo seu dinheiro.

A religião é um fenômeno humano, e as denominações evangélicas também o são. E, aquilo que do homem vem como o homem se parece.

O homem é um ser espiritual e não religioso. O homem precisa de Deus! Não de religião. E, Deus só se torna conhecido pela pregação do Evangelho, e este, sem subterfúgios e Campanhas (parafernália gospel).

A igreja é um organismo vivo, o corpo místico de Cristo no qual não há denominação! Como pessoa jurídica, a igreja para existir precisa de um nome. Porém, Jesus não está estabelecido em estatutos, liturgias e regras denominacionais.

Porque nEle (Cristo) se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé. Rm.1:17


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.