terça-feira, 7 de dezembro de 2010

FALSAS DOUTRINAS






TEXTO BÍBLICO:

Apoc. 2.12-16 E ao anjo (1.20) da igreja que está em Pérgamo escreve: Isto diz aquele que tem a espada aguda de dois fios: Conheço as tuas obras, e onde habitas, que é onde está o trono de Satanás; e reténs o meu nome, e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha fiel testemunha, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita. Mas algumas poucas coisas tenho contra ti, porque tens lá os que seguem a doutrina de Balaão, o qual ensinava Balaque a lançar tropeços diante dos filhos de Israel, para que comessem dos sacrifícios da idolatria, e se prostituíssem. Assim tens também os que seguem a doutrina dos nicolaítas, o que eu odeio. Arrepende-te, pois, quando não em breve virei a ti, e contra eles batalharei com a espada da minha boca.

PALAVRA INTRODUTÓRIA.

Nesta lição, abordaremos o perigo das falsas doutrinas, as quais, se não forem repelidas da igreja, levarão, certamente, o povo à desobediência e ao pecado.

1 – FALSAS DOUTRINAS NA IGREJA. Pérgamo era uma cidade rica, com grande acervo cultural e religioso. Ali, foram construídos templos pagãos e suntuosos. Em razão dessa influência pagã, Jesus denominou o local de trono de satanás. (2.13)

1.1 A DOUTRINA DE BALAÃO. Balaão foi aquele misterioso profeta mercenário que apareceu na história de Israel. (Nm.22.23,24; 31.8,15,16).

Tudo o que leva o povo pra longe de Deus é doutrina de balaão.

2 – DIFERENÇA ENTRE DOUTRINA E COSTUMES. a) Bons costumes são regras que conhecemos e, ao praticá-las, podemos viver melhor como cristãos. (1ªCo.15.33) Porém, todo costume, mesmo sendo muito bom, não tem a RELEVÂNCIA e a APLICAÇÃO de uma doutrina. b) Doutrinas são baseadas num conjunto de princípios bíblicos, estabelecidos por Deus EXCLUSIVAMENTE EM SUA PALAVRA.


• O costume é passageiro, a doutrina permanece firme.
• O costume muda, a doutrina permanece inalterável.
• O costume funciona no sentido de perpetuar a vontade humana.
• Os costumes não devem ser contados como elementos que garantem a salvação.


3 – O PERIGO DAS FALSAS DOUTRINAS. Quando se trata de falsas doutrinas, temos que ser inflexíveis e repudiá-las. O erro doutrinário afasta o homem do conhecimento de Deus.

• Falsas doutrinas são comparadas a ventos sem direção. (Ef.4.14a)
• São fraudulentas e são idealizadas com o objetivo de receber recursos financeiros. Sem nenhum fundamento da Palavra de Deus. (Mt.10.8b)
• Tem como pai o diabo. Pois, trata-se de um ensino mentiroso. (1ªJo.2.21; 1ªTm.4.1)

4 - A BÍBLIA – ESPADA AFIADA CONTRA HERESIAS. A ação mais eficaz para se identificar e rejeitar uma falsa doutrina e confrontá-la com a Palavra de Deus.
A igreja de Pérgamo foi confrontada “por aquele que tem a espada afiada de dois gumes”. (2.12) Da mesma forma que o anjo fez com balaão. (Nm.22.31-32)

4.1 - COMO COMBATER AS FALSAS DOUTRINAS?

• Analisando o tema sob o contexto bíblico.
• Examinando tudo o que se fala à luz da Palavra. (At.17.11)

CONCLUSÃO:
As falsas doutrinas são uma ameaça a qualquer igreja, prejudicando a saúde espiritual do crente e seu pleno desenvolvimento no corpo de Cristo. Por esta razão devemos nos aprofundar nas Escrituras.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.