quarta-feira, 26 de setembro de 2012

As quatro âncoras de Deus. At.27

ILUSTRAÇÃO: 

Barco da Vida - Deus te entregou um barco, que é a tua vida, e por mares ou rios, entre a calmaria e a tempestade, tu tens o dever de pelo menos segurar no leme e buscar dirigir esse barco da melhor maneira possível, conservando-o com carinho, para um dia devolvê-lo ao seu verdadeiro dono. Se a tua viagem tem sido agitada por tempestades, se raios e trovões tem te colocado em situação de medo e apreensão, hoje, neste dia abençoado, tu vais ter a oportunidade de recomeçar. 

I - SEJA UM LÍDER CORAJOSO E ASSUMA O COMANDO DESTA SITUAÇÃO DIFÍCIL. 

Existem 05 decisões básicas na vida cristã: 

        a) Descansar em bons portos. 

V.8 chegamos a um lugar chamado Bons Portos. “Seguindo a orientação de Paulo”. 

2Co.11:25 Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo; 


      b) Se familiarize com a tempestade. (Uma tempestade é simplesmente um estado de confusão na atmosfera). 

At.27:11 Mas o centurião cria mais no piloto e no mestre, do que no que dizia Paulo. 

 • Nem sempre a maioria tem razão. (O vento suave virou tufão de vento) 

At.27:20 E, não aparecendo, havia já muitos dias, nem sol nem estrelas, e caindo sobre nós uma não pequena tempestade, fugiu-nos toda a esperança de nos salvarmos. 

 • Nem sempre conselhos abalizados refletem a vontade de Deus. 

       c) Assuma O Controle Da Situação 

“ a crise não faz a pessoa, a crise mostra do que a pessoa é feita e, normalmente, faz aflorar a verdadeira liderança”. 

      d) Compartilhe a Palavra de Deus. 

 At.27:21-22 E, havendo já muito que não se comia, então Paulo, pondo-se em pé no meio deles, disse: Fora, na verdade, razoável, ó senhores, ter-me ouvido a mim e não partir de Creta, e assim evitariam este incômodo e esta perda. 

 “REMANDO CONTRA A MARÉ" Vez por outra, ouve-se esta frase pronunciada por alguém, num desabafo ante o insucesso de um empreendimento qualquer que não deu certo, ou que não aconteceu de acordo com o esperado. Estes fatos evidenciam a ausência do Espírito Santo e a falta de experiência de um viver em Cristo. Pedras nos caminhos existem para todos; removê-las com sabedoria depende do talento de cada um. 

      e) Lançaram quatro âncoras. 

At.27:29 E, temendo ir dar em alguns rochedos, lançaram da popa quatro âncoras, desejando que viesse o dia. 

 Âncora, é alicerce, é fundamento, é exemplo da nossa fé. Hb. 6:19 “A qual temos como âncora da alma, segura e firme”. 

 II - SÃO QUATRO AS AFIRMAÇÕES DE DEUS PARA SEU POVO NO MEIO DE UMA TEMPESTADE. 

 At.27:23 Porque esta mesma noite o anjo de Deus, de quem eu sou, e a quem sirvo, esteve comigo, 

          a) Âncora nº 01 - De quem eu sou; 

 • Não permita que a tempestade faça você se esquecer que o Senhor é o seu Deus e que o seu poder é inabalável. 

 • Nenhuma vida que está nas mãos de Deus está fora do seu controle, não importa o tamanho e a força da tempestade. 

         b) Âncora nº 02 - A quem eu sirvo; 

 • A tempestade pode frustrar nossos projetos humanos, mas não frustra os projetos que Deus confiou a nós. 

        c) Âncora nº 03 – Promessa; 

 2 Co. 1:20 Porque todas quantas promessas há de Deus, são nele sim, e por ele o Amém, para glória de Deus por nós. 

       d) Âncora nº 04 – Livramento. 

 Is. 43:1-2 Mas agora, assim diz o SENHOR que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. 

 • Deus está dizendo o mesmo para você. Segure firme nas âncoras e nenhuma tempestade, por mais violenta que seja, fará você afundar! 

CONCLUSÃO: 

Paulo de prisioneiro a capitão. At. 27: 35-37. E, havendo dito isto, tomando o pão, deu graças a Deus na presença de todos; e, partindo-o, começou a comer. E, tendo já todos bom ânimo, puseram-se também a comer. E éramos ao todo, no navio, duzentas e setenta e seis almas.  

A tempestade pode frustrar nossos projetos humanos, mas não frustra os projetos que Deus confiou a nós. O tempo todo, o navio parecia estar fora de controle, mas estava na direção certa porque Deus estava no comando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.